Jájá
Sinhô

Letra

Se essa mulher fosse minha
Apanhava uma surra "já já"
Eu lhe (a) pisava todinha
Até mesmo eu lhe dizê "chegá"

Credo, Cruz!
Vá se rezar
Para tirar
Este azar


O teu cabelinho à inglesa
Eu mandava raspar "já já"
Depois lixava a cabeça
Até ela gritar "chegá"

Vídeo

Porque a letra é problemática:

Quanto mais antiga, mais clara a apologia à violência contra mulher. Essa letra dá um nó na cabeça: o cara fica imaginando o que fazer se "tivesse" aquela mulher e só consegue concluir que se a "tivesse" ele ia mesmo é dar uma surra nela até ELE decidir a hora do chega. O quão perverso não é isso?