Esporrei na manivela
Raimundos

Letra

Entrei no trem, esporrei na manivela
Cobrador fila da puta me jogou pela janela
Caí de quatro com o caralho arregalado
E uma véia muito escrota me levou pro delegado
O delegado tinha cara de viado
E me mandou tomar no see you
Tomei no see you, mas tomei no see you errado
Quando eu menos percebi era o see you do delegado
O coletivo é muito bom para sarrar
Pois o povo aglomerado sempre tende a se esfregar
Com as nega véia é perna aqui perna acolá
E se a xereca é mal lavada faz a ricota suar
Se é nos calombos ou nas freiadas
Se é nas curvas ou nas estradas
São situações propícias para o ato de sarrar
No coletivo o que manda é a lei do pau
Quem esfrega nos outros
Quem não tem só se dá mal

Vídeo

Porque a letra é problemática:

Houve uma época que a gente cantava essa música alto sem prestar muito bem atenção nessa letra. Mas aí a gente cresce, pega busão e trem todos os dias e presencia (e vive) todos os tipos de abuso. Caras: o coletivo não foi feito pra sarrar. Foi feito pra te levar onde você precisa e ponto.

CONTEÚDO DE UTILIDADE PÚBLICA:
1. "Humiliação no transporte - Denúncias de assédio sexual em ônibus, trens e no metrô de São Paulo crescem 650% em cinco anos" | TAB UOL | - Link: https://www.uol/noticias/especiais/assedio-sexual-no-transporte-de-sp.htm